Arquivos: Ficção Científica

O sonho da Sultana

Um dia (isso foi há muito tempo), conversei com um amigo sobre feminismo. Nós tínhamos ideias parecidas. Não gostava nem dessa palavra. Pesada, parecia querer impor algo à sociedade. Uma tentativa de gerar medo e incitar o ódio, criando confusão desnecessária. Resumindo, um termo quase ofensivo. Será?

Brinco que esse é o ponto chave para a transformação. É quando você chega a uma determinada conclusão ao longo da experiência da observação, que fazemos mesmo quando não sabemos que fazemos, sobre como algo reflete nas pessoas a sua volta. E então, dessa conclusão, você a toma como uma verdade para si mesmo.

E se tratando de relações humanas, dificilmente um pensamento que chega a uma conclusão fácil, comoda, que acabe com qualquer questionamento, significa que estamos no caminho certo.

Abandonar padrões, digamos obsoletos, de pensamento ainda é a principal causa de ódio entre nós. E não é pra menos, contestar tudo aquilo que você acredita se colocando no lugar do outro, muda a forma como você vê a vida. Não é uma tarefa fácil, muito menos prazerosa. Mas liberta. Humaniza.

03_livro

O sonho da Sultana é um conto de ficção científica feminista, escrito pela muçulmana Roquia Sakhawat Hussain, feminista e ativista dos direitos das mulheres. Publicado em 1905, veja só. A tradução do conto é uma iniciativa do projeto Universo Desconstruído, esse mesmo que está pensando. Participei da coletânea de estréia do projeto. Aline e Sybylla o traduziram e editaram, e transformaram num ebook disponibilizado gratuitamente.

No conto, Roquia brinca com a inversão de papéis entre homens e mulheres. Através de um sonho ela descobre um mundo incrível, com tecnologia, utilização dos recursos do meio ambiente de forma extremamente inteligente, educação para mulheres, mas, ainda longe de ser perfeito.

Ao que parece, O sonho da Sultana foi o primeiro conto de ficção científica feminista. Quando terminei a leitura, minha mente voou longe. Fiquei me perguntando o grau de instrução de Roquia, e a imaginava escrevendo este pequeno conto às escondidas, após o marido sair de casa, ou a permitir se entreter rabiscando papéis.

Ela teve o que por enquanto chamamos de sorte. Veio de uma família que pertencia a alta sociedade. Teve educação desde pequena, que lhe proporcionou ferramentas para enxergar o mundo como realmente é, e assim, poder questioná-lo.

Há mais sobre ela na biografia que faz parte do ebook. Que alias, percebe-se que foi organizado com muito cuidado e carinho. O interessante do Universo Desconstruído são essas doses homeopáticas que querem justamente mexer um pouquinho com cada um de nós. Gerar discussão e reflexão através de uma forma de entretenimento. O que eu acredito que seja também o princípio da boa educação.


Corre lá pra baixar o e-book, é grátis.

Ebook!! Universo Desconstruído – Ficção Científica Feminista {Coletânea de Contos}

banner1

Durante quase 4 meses mantive um segredo. Um segredo capaz de contribuir para a expansão daquilo que há de mais importante para a nossa evolução. O pensamento. E rumo ao fim ao preconceito. Forte hein!

Fui convidada pela Sybylla pra participar de uma empreitada muito divertida. Escrever um conto de ficção científica feminista. Mas não se engane. Aqui não há padrões, não existem apenas heróis e vilões com mocinhas sensualmente algemadas em alguma rocha lunar, esperando seu salvador matador de alienígenas malvados que querem roubar nossos suprimentos e a receita da coca cola.

Por isso a “Desconstrução”. Queremos modificar o cenário que estamos acostumados a ver. Fugir um pouco do padrão predominantemente masculino na ficção científica. Hoje, mais do que nunca a literatura tem poder, mais do que nunca, felizmente. E foi por ai, com as ferramentas que temos, que contribuímos para mostrar outros lados da mesma moeda. Pessoas de diferentes raças, crenças e sexos. Uma diversidade incrível que deveria ser motivo de orgulho, nunca de exclusão. A ideia é humanizar. Sem transformar mulheres em seres frágeis ou apenas corpos(vazios) sensuais esperando por salvação e homens com força e coragem fora do normal, desprovido de sentimentos mais profundos, cujo objetivo é salvar o mundo porque é isso ai e pronto. Vamos sair dessa zona de conforto e conhecer outras possibilidades. Outros cenários. É divertido.

Conheço pessoas que brincam com a possibilidade de dividirmos o nosso planeta com alienígenas ou robôs inteligentes e autônomos. Mas não consigo deixar de me perguntar como podemos conviver pacificamente com formas de vida diferentes se não toleramos nem as nossas próprias diferenças? Imagine o caos. Veja o caos.

Acredito que a melhor forma de romper as barreiras e destruir o preconceito é inserindo aos poucos um novo contexto (que de novo não tem nada), que nada mais é do que a realidade.

O projeto é encabeçado pela Sybylla e pela Aline. Que se empenharam demais pra tornar essa ideia realidade. Todo o trabalho pesado de edição veio delas. Eu só escrevi um singelo conto. Alias, outras pessoas se juntaram comigo nessa também. Ao todo 10 contos fazem parte da coletânea. Um melhor que o outro.

Autores presentes na coletânea

Organizadoras
Aline Valek
Sybylla – Momentum Saga

Autores
Dana Martins – Conversa Cult
Ben Hazrael – Cabaré das Ideias
Gabriela Ventura – Quinas e Cantos
Thabata Borine
Alex Luna – Tarrask
Leandro Leite
Lyra Libero – Menina Lyra
Tais Fantoni (ilustradora) – Colchões do Pântano
Eu \o/

Quem quer ler Universo Desconstruído?
O download do ebook é gratuito, através do PagSocial. O “pagamento” é apenas em compartilhamento nas redes sociais. É só escolher qual o formato do ebook da sua preferência e clicar no link. Ao entrar no site selecione qual rede social será divulgado o link da coletânea e o download começará logo em seguida. Molezinha.



(versão epub)


(versão mobi)


(versão pdf)


capaA coletânea está disponível na versão física também, no Clube de Autores. Nenhum dos autores terá lucro algum, mas há um custo para adquirir a versão impressa, que é acertado diretamente com o site. O valor é referente aos custos de impressão e encadernação que o Clube dos Autores terá. 😉

E todos os links estão disponíveis na página oficial do projeto

Seria clichê dizer que foi uma experiência incrível? Quando você gosta de escrever e começa a se aventurar nessa arte, não imagina os obstáculos que vai encontrar. E não existe sensação mais deliciosa nesse mundo do que vencer um obstáculo. Concluir um projeto. Tentar fazer a diferença. E melhor ainda se for ao lado de pessoas que compartilham dos mesmos objetivos que você.

Espero que goste do ebook, mesmo, e que isso sirva de inspiração pra todo mundo que gosta e torce pra que a ficção científica siga por esse caminho. O caminho da diversidade, da nossa realidade. Desconstruindo um universo de preconceitos e estereótipos.

3 por cento – Série brasileira de ficção científica

Uma série de ficção científica e drama, 3 por cento é, por enquanto, o piloto de uma possível série brasileira, que a principio tem tudo pra dar certo.

A série se passa em um mundo distópico – que tá super na moda – onde basicamente existe apenas o lado rico e o lado miserável. Quem nasce do lado ruim sonha em passar para o lado de lá e ter uma vida mais digna. E para isso, todos os anos são selecionados jovens com exatamente 20 anos de idade para participarem de um processo seletivo brutal, onde só 3% serão aprovados e poderão passar para o outro lado. É como uma entrevista de emprego em nível hard motherfucker.

Tudo começa de forma bem direta, ainda não sabemos das condições que vivem nenhum dos dois lados, apenas o que é dito, mas imagino pelo “recrutamento” que talvez o lado de lá não seja assim tão bom, ou que eles terão um outro propósito lá. A primeira coisa que veio a mente foi os Jogos Vorazes, é como se o lado ruim representasse um distrito, e a vida confortável e futurista a Capital.

O episódio piloto de 27 minutos foi divido em 3 partes e disponibilizado no canal do youtube, lá os criadores informam que estão buscando um canal de televisão que aceite patrocinar a temporada completa.

Acredito que todos os personagens sejam novos atores, não reconheci ninguém mas achei a interpretação de cada um satisfatória. De qualquer forma vale a pena assistir o material já produzido, pena que fica aquele desespero pela continuação, tipico de uma pessoa viciada em séries.

Esses são os 3 vídeos do episódio piloto:

Mais:

Canal no youtube: Serie3porcento
Facebook: 3porcento
Twitter: @serie3porcento