Skye decide morrer

Skye sentou no chão frio do quarto, e assim ficou por horas, braços envolta dos joelhos, imóvel, apenas respirando e tentando encontrar boas razões pra continuar viva. Os médicos a observavam de 30 em 30 minutos, pelo vidro da porta do quarto.

Ela estava condenada, condenada a uma dor dilacerante e insuportável, aquela que poucas pessoas sentem ou sentirão na vida. A dor de não encontrar satisfação e alegria em nada ou em ninguém. A dor de se sentir incapaz de realizar qualquer tarefa que envolva alguma responsabilidade, incapaz de se realizar, incapaz de ser feliz.

Para Skye, a felicidade está em ser útil e desempenhar com perfeição suas funções. Pessoas ao seu redor são meros complementos, não prioridade. Naquele momento pensou em todas as pessoas que conhecia, em como ficariam após a sua morte, e quando percebeu que já tinha cuidado de todas elas, uma lagrima escorreu.

Mas a vida não perde o sentido de uma hora para outra, há a fagulha que acende no peito, trazendo excitação, vontade de mudar ou se arriscar, e mostrando igualmente que existe algo errado. Quando a mudança não é algo possível, ou viável, sentimos a chama se apagar, muitas vezes ignorada. A partir dai algo muda na forma que vemos a vida. Pessoas, roupas, joias ou lugares, todos perdem o sentido. Nos tornamos egoístas porque não conseguimos nos imaginar ao lado de outro ser humano, ninguém nos compreenderia. E pensar na dor dos outros só nos torna ainda mais imprestáveis. Surge um certo sentimento de superioridade, como se os outros fossem tão medíocres, a ponto de não valer a pena interagir ou criar laços. Ela se sentia inútil, com tantos pensamentos que não se encaixam com os de ninguém.

Skye tentou se mexer, mas o quarto era gelado, e as roupas largas do hospital, desproporcionais ao seu tamanho, a faziam sentir mais frio. Continuava enroscada no chão, fechada em seus pensamentos. Entre eles, lembrou do quanto queria aprender uma língua nova, Alemão sempre foi sua paixão. Lembrou que tinha deixado vários livros em casa que gostaria de ler, e tantos outros que queria comprar. Lembrou de um antigo relacionamento, se é que poderia chamar de relacionamento, em uma fase ruim da sua vida, mas quando suas ideias mirabolantes, planos sem sentido ou criatividade para enfrentar problemas eram vistos por ele com admiração. Lembrou de todas as pessoas que a admiravam, sem que ela nem mesmo imaginasse se não tivessem dito. Lembrou das palavras de um amigo: “você definitivamente não se vê como realmente é.”

Isso acendeu algo em Skye, logo um pequeno sorriso despontou de seus lábios. Ela esqueceu o frio e ficou de pé. Já não era mais aquela garota de ombros baixos, agora estava determinada, cabeça erguida. Essa dor insuportável, a incompreensão dela mesma sobre seus sentimentos ainda estavam presentes, isso não é algo que desaparece assim tão fácil. Mas dessa dor ela encontrou uma nova e boa razão para continuar vivendo.

Nesse momento o médico abriu as portas do hospício para Skye e disse:

– Você está pronta para ir, finalmente você entendeu o sentido da vida.

12 Thoughts on “Skye decide morrer

  1. moises on novembro 9, 2012 at 8:49 pm said:

    Pois é acho que estou precisando ficar um tempo preso neste quarto rsrsrs.

    • Acho que todo mundo precisa de vez em quando…

      • thank you so so much for this post. i am beginning to declare online bankruptcy – deleting old accounts and spending less time trying to keep it all together so i can focus on writing my book and starting a new job in a few weeks.

      • seit wann brauchts denn nachweisbare fakten? reichts denn nicht mehr, einfach zu behaupten, der rost sei schädlich?(ich weiß es übrigens selber nicht, wie es sich hiermit verhält, deshalb kann ich auch nichts dazu sagen. genau das würde ich auch den allermeisten hier auch empfehlen, solange sie keine ahnung von der problematik haben)

  2. essa história é baseada em que ?
    é real ? de algum livro ? algum conto w

  3. Great post. I just stumbled upon your blog and wanted to say that I have really enjoyed browsing your blog posts. In any case I’ll be subscribing to your feed and I hope you write again soon!

  4. Heya this is somewhat of off topic but I was wanting to know if blogs use WYSIWYG editors or if you have to manually code with HTML. I’m starting a blog soon but have no coding experience so I wanted to get advice from someone with experience. Any help would be greatly appreciated!

  5. Roxana, draga mea, sigur ca se pot face in avans. Dupa ce se racesc complet, ii pui intr-o cutie de metal sau borcan mare si le inchizi ermetic. Ii umpli cu ciocolata cu cateva ore inainte de a-i servi. Se pastreaza cca 10 zile.Pup si spor!VN:F [1.9.21_1169]please wait…VN:F [1.9.21_1169](from 0 votes)

  6. Hey Lady have a great day today! Keep your chin up about the weight, it will come off because you are so strong and dedicated! The beans look great and I am still wondering what to bring to our potluck today- maybe beans!

  7. K ricas todas esas infieles kisiera conocer alguna vivo en dallas tx la anonimo comadrita como m excita ese comentario tuyo k bueno k seas tan putita

  8. Beautifully done! I just hope we can get through to the sheeple among us. There is a lot of work to be done but I refuse to believe that it isn’t possible!!Ron Paul 2012!!VA:F [1.9.18_1163](from 1 vote)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation